Ferramentas

3 comentários

Já diz o ditado: rir é o melhor remédio

O legítimo brasileiro, conhecido pelo mundo todo como um povo alegre e bem humorado, pode estar em extinção. Parte de nossa “alegria” vem da habilidade de rirmos de nós mesmos, das desgraças que a vida nos impõe e, porque não, da vergonha alheia. Muitas situações que seriam cômicas se não fossem trágicas, inspiraram um subgênero da comédia que foi sinônimo de sucesso durante anos: o humor negro!Alzheimer-vovo-Alzheimer

O que ocorre é que agora a moda é o bullying! Se incessantemente você explora determinada deficiência (física, motora, mental, etc), de uma determinada pessoa, concordo que deva existir um limite e punição. Porém quando nos deparamos com situações ocasionais, devemos nos medicar com boas risadas.

Mas o que mais chama atenção é que quem acha uma piada ofensiva acaba rindo de outra tão pior (segundo seus conceitos) quanto a primeira. Por exemplo: a mesma pessoa que acha que a charge acima é insensível com os familiares e portadores de Alzheimer ri das piadas de português, ou ainda daquelas de loiras burras, e até mesmo de piadas com outras doenças, desde que não afete sua própria “dignidade”.

Ou seja, a piada é engraçada desde que não seja comigo!

Se não mudarmos nosso comportamento seremos lembrados pelas gerações futuras como assassinos do humor negro e de seus mais diversos personagens: loira burra, alto, baixo, negro, japonês, português, gordo, magro, judeu, cristão, mulçumano, louco, doente, pobre, etc…

O humor negro mandou lembranças!

 

Veja outras charges do Bixo da Goiaba:

Compartilhe esta postagem com seus amigos nas redes sociais
Comentários
3 Comentários

3 comentários

Leia os outros comentários e comente também

AGRADECEMOS A SUA VISITA!

Expresse sua opinião sobre a postagem comentando logo após os demais comentários.

Se gostou do nosso blog clique nos links e encontre-nos nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Google+.


  1. kkkkkk só não faz piada com a Vanessa Camargo porque senão você vai ser processado e cairá no ostracismo que nem o rafinha Bastos

    ResponderExcluir
  2. concordo em genero número e grau!

    ResponderExcluir
  3. E eu concordo com os 3: Bixo da Goiaba, Everton e Anonimo, rsrsrs

    ResponderExcluir