Ferramentas

0 comentários

A história dos dois capitães

A Itália ficou encantada com a história dos dois capitães protagonistas do recente acidente que naufragou o transatlântico Costa Concordia.o-heroi-o-covarde

resgate-no-costa-concordia-ed2Um deles é o Capitão da Guarda Costeira, Gregorio De Falco, o herói, que ordenou furiosamente ao atrapalhado comandante do Costa Concordia - que havia abandonado o barco – mandando-o retornar ao navio para supervisionar as operações de resgate. O outro é o capitão Francesco Schettino, o covarde, que fugiu diante da adversidade, e agora está sob prisão domiciliar acusado de homicídio culposo múltiplo, de provocar o naufrágio e de abandonar o navio (como um rato).

Leia algumas frases que o herói Gregorio De Falco falou ao covarde Francesco Schettino:

“Ouça Schettino, você talvez tenha conseguido se salvar do mar, mas aqui, as coisas vão ficar realmente ruins... Eu vou te causar muitos problemas. Volte a bordo, porra!!” ***** “Farei você pagar por isto. Vá para bordo!"

 

Essas frases foram gritadas por De Falco para Schettino durante um diálogo de quatro minutos, por rádio, divulgado na terça-feira. Neste link, do site de notícias G1, você poderá ler a transcrição e ouvir a gravação original.

Motivo de orgulho

A maior recompensa veio com uma mensagem de um menino italiano:

"Da próxima vez que alguém me perguntar o que quero ser quando crescer, vou responder: 'um homem como De Falco'."

 

#tábixado

"Abandonar é mais do que desertar, é trair o código marítimo" (Gregorio De Falco)

Compartilhe esta postagem com seus amigos nas redes sociais
Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar

AGRADECEMOS A SUA VISITA!

Expresse sua opinião sobre a postagem comentando logo abaixo.

Se gostou do nosso blog clique nos links e encontre-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Google+.

Deixe seu comentário